Geração X


Olá Visitante, você não está logado...
Por favor efetue seu Login.

Se ainda não possui cadastro, aproveite é grátis e muito divertido estar entre os membros dessa comunidade!!!

Seja Bem Vindo...

Visita a Daslu

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Visita a Daslu

Mensagem por Tosta em Qui Dez 23 2010, 21:32

Sempre tive vontade de conhecer essa tal de Daslu.

Já que estava em São Paulo, por quê não ir?

Ainda mais depois que me disseram que lá não existe nenhuma peça que custe menos de três dígitos, resolvi dar uma de São Tomé e ver para crer.

A entrada já foi um problema. O segurança perguntou pelo meu carro - ou motorista.

Quem já foi sabe muito bem:

Na Daslu - acreditem - não se entra a pé, somente motorizado.

Fingi que não era comigo e entrei.

Fui recepcionado por uma loira escultural com sorriso de anúncio de dentifrício, uma sósia escrita e escarrada da Ana Hickman - com direito a 1m30 de pernas, chapinha no cabelo, olho azul e muito mais.

"Where are you from?".

"Paraná-Ponta Grossa".

"I beg your pardon!"

Tava na cara que eu não era paulistano. Mas daí a me confundir com gringo, já é demais. Eu lá tenho cara de estrangeiro! Como um cão sabujo, onde eu ia, ela ia atrás. Dos milhares de itens que admirei boquiaberto, um em particular me encantou. Uma bolsa tiracolo Prada pra lá de maneira que imaginei que coubesse no meu orçamento. Ressabiado, indaguei o preço.

"Nove, apenas nove. E o senhor pode dividir de três vezes no cartão".

"Nove o quê?"

"Nove mil..."

"Porra!"

A pequena ficou tão assustada com minha reação que cheguei a pensar que fosse chamar os seguranças. Mas não. Acho que ela sacou que daquele mato não sairia cachorro, no máximo um carrapato. Fechou a cara, deu meia-volta e sumiu. Já que estava na chuva, resolvi me molhar. Entrei num salão onde só tinha Armani. Como já estava enturmado, perguntei o preço de um "vestidinho" de festa. Adivinhem? 100.000 pilas. Tu és doido! Uma estola de zibelina? 60.000. Fico imaginando quantos bichinhos foram sacrificados para esquentar o lombo de uma madame. Um blaser Ermenegildo Zegna (isso lá é nome de grife?), 13.000. Um óculos Gucci, 4.500. Uma cuequinha básica do Valentino, 260. Com direito a ouvir essa pérola do vendedor:

"Leve logo meia dúzia, tá na promoção!". Imaginem quanto ela custava antes. Na adega climatizada não foi diferente. Um Romaneé-Conti, safra 2000 - aquele do Lula - estava por módicos 8.000 reais. Uma garrafa de Johnnie Walker Blue, envelhecida 80 anos - uma das raras existentes no planeta, 55.000.

Fiz as contas e verifiquei que no final saí no lucro. "Charlei", vi gente famosa, coisas bonitas, tomei mineral Badoit, capuccino, Prosecco, champanhe Taittinger, fartei-me de canapés, fois gras, blinis com caviar (não era Beluga). Sou duro, mas sei o que é bom. Até confit de canard tracei. De quebra, profiteroles e apetitosos bombons trufados. As horas passaram voando. Minha acompanhante finalmente apareceu e perguntou:

"Vamos almoçar?"

"Almoço? Estou almoçado e jantado!"

Depois de conhecer quase tudo descobri que a Daslu é uma espécie de zoológico sem grades. Só que os bichos somos nós. Eu e você. Acabado, me esparramei num confortável sofá. Enquanto esperava o resto da turma chegar, abri um livro e relaxei. Mal virei a segunda página, dois novos ricos falando alto, com mais sacolas do que mãos, sentaram ao meu lado esnobando:

"Amanhã vamos para o nosso haras em Catanduva. O réveillon será no Guarujá".

Me deu uma raiva...

Peguei meu celular e resolvi mentir um pouco:

"Fulano, não encontrei nenhum 'Summer' para o réveillon. Abastece o jatinho. Partimos amanhã cedo para Paris. Essa Daslu tá um lixo!"

A cara que os dois fizeram, não tem preço.


Fonte: http://blogdofabiosouza.blogspot.com

_________________
Status
Lvl. 7 - 203/1000
Last Update - 21/03/2011 - 16:44hs
Additional Information -
Corpo leve como um algodão...

Tosta
Administrador
Administrador

Mensagens : 391
Idade : 28
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

http://geracaox.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Jack em Sex Dez 24 2010, 01:32

Sem brincadeira que eu achei que o personagem dessa história era você Raul...HSUAHSUSAHAUSUHAHU bem sua cara!

Bom acho p#%@ futilidade esse tipo de loja e seus preços...assim como sou contra o uso de casacos de pele (couro já não...comemos o boi mesmo, pra que não aproveitar a pele?), mas por outro lado, se essas madames querem gastar o dinheiro de seus maridos cornos, dai né...desde que não estejam gastando dinheiro público...

Duvido muito que elas usariam essa grana pra ajudar algum africano desnutrido mesmo...

Jack
Moderador
Moderador

Mensagens : 165
Idade : 26
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

http://www.estranhoblogdejack.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Bragi em Sex Dez 24 2010, 08:57

Li tb achando que era o Tosta...


Garanto que tu faria a mesma coisa...pegava o telefone e pagava de gatão...


Agora essa Daslu ai, é pra gente tipo Eike Batista, e com quem anda com ele...

Não tem onde enfiar mais o dinheiro..vai pra Daslu e torra um pouco

Bragi
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 33
Idade : 31
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Tosta em Sab Dez 25 2010, 04:04

Sem brincadeira que eu achei que o personagem dessa história era você Raul...HSUAHSUSAHAUSUHAHU bem sua cara!

Li tb achando que era o Tosta...

Garanto que tu faria a mesma coisa...pegava o telefone e pagava de gatão...


Pô mulecada ai tb já é demais hein... pagar de gatão em plena daslu já é demais pra mim... Cara de pau eu até sou mais nem se quer teria coragem o suficiente pra fazer uma dessas... kakakka (será???)

_________________
Status
Lvl. 7 - 203/1000
Last Update - 21/03/2011 - 16:44hs
Additional Information -
Corpo leve como um algodão...

Tosta
Administrador
Administrador

Mensagens : 391
Idade : 28
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

http://geracaox.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Lara em Ter Dez 28 2010, 19:56

Casacos de pele... couro... cosméticos testados em animais...
Prefiro não comentar.
Ah vá cagá, se não tem onde enfiar dinheiro, enfia na áfrica, em bangladesh, no rabo, sei lá...
Detesto futilidade. Não gosto nem de ouvir falar em Daslu.


Última edição por Lara em Ter Dez 28 2010, 20:00, editado 2 vez(es) (Razão : Editado pela moderação por termos inadequados...)

Lara
Moderadora
Moderadora

Mensagens : 166
Idade : 24
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Rogermalatiko em Qua Dez 29 2010, 09:37

Daslu??? han??? quê???onde??? haaaaaaa!!!
porra vei odeio a daslu nao que ela tenha me feito algo mas é muita futilidade de alto preço junta que acaba perdendo valor pra mim

Rogermalatiko
Chegando Lá
Chegando Lá

Mensagens : 225
Idade : 28
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

http://twitter.com/rogermalatiko

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Lara em Sex Dez 31 2010, 11:19

Esse assunto me lembrou uma crônica de Carlos Drummond de Andrade. Não tem muito com a Daslu, mas com os protudos (de animais).


"Terceiro dia de aula. A professora é um amor. Na sala, estampas coloridas mostram animais de todos os feitios. É preciso querer bem a eles, diz a professora, com um sorriso que envolve toda a fauna, protegendo-a. Eles têm direito à vida, como nós, e além disso são muito úteis. Quem não sabe que o cachorro é o maior amigo da gente? Cachorro faz muita falta. Mas não é só ele não. A galinha, o peixe, a vaca...

Todos ajudam.

- Aquele cabeludo ali, professora, também ajuda?

- Aquele? É o iaque, um boi da Ásia Central. Aquele serve de montaria e de burro de carga. Do pêlo se fazem perucas bacaninhas. E a carne, dizem que é gostosa.

- Mas se serve de montaria, como é que a gente vai comer ele?

- Bem, primeiro serve para uma coisa, depois para outra. Vamos adiante. Este é o texugo. Se vocês quiserem pintar a parede do quarto, escolham pincel de texugo. Parece que é ótimo.

- Ele faz pincel, professora?

- Quem, o texugo? Não, só fornece o pêlo. Para pincel de barba também, que o Arturzinho vai usar quando crescer. Arturzinho objetou que pretende usar barbeador elétrico. Além do mais, não gostaria de pelar o texugo, uma vez que devemos gostar dele, mas a professora já explicava a utilidade do canguru:

- Bolsas, malas, maletas, tudo isso o couro do canguru dá pra gente. Não falando na carne. Canguru é utilíssimo.

- Vivo, fessora? - A vicunha, que vocês estão vendo aí, produz... produz é maneira de dizer, ela fornece, ou por outra, com o pêlo dela nós preparamos ponchos, mantas, cobertores, etc.

- Depois a gente come a vicunha, né, fessora?

- Daniel, não é preciso comer todos os animais. Basta retirar a lã da vicunha, que torna a crescer...

- E a gente torna a cortar? Ela não tem sossego, tadinha.




- Vejam agora como a zebra é camarada. Trabalha no circo, e seu couro listrado serve para forro de cadeira, de almofada e para tapete. Também se aproveita a carne, sabem?

- A carne também é listrada? - pergunta que desencadeia riso geral.

- Não riam da Betty, ela é uma garota que quer saber direito as coisas. Querida, eu nunca vi carne de zebra no açougue, mas posso garantir que não é listrada. Se fosse, não deixaria de ser comestível por causa disto. Ah, o pingüim? Este vocês já conhecem da praia do Leblon, onde costuma aparecer, trazido pela correnteza. Pensam que só serve para brincar? Estão enganados. Vocês devem respeitar o bichinho. O excremento - não sabem o que é? O cocô do pingüim é um adubo maravilhoso: guano, rico em nitrato. O óleo feito com a gordura do pingüim...

- A senhora disse que a gente deve respeitar. - Claro. Mas o óleo é bom.

- Do javali, professora, duvido que a gente lucre alguma coisa.

- Pois lucra. O pêlo dá escovas de ótima qualidade.

- E o castor? - Pois quando voltar a moda do chapéu para homens, o castor vai prestar muito serviço. Aliás, já presta,com a pele usada para agasalhos. É o que se pode chamar um bom exemplo.

- Eu, hem?

- Dos chifres do rinoceronte, Belá, você pode encomendar um vaso raro para o living de sua casa. Do couro da girafa, Luís Gabriel pode tirar um escudo de verdade, deixando os pêlos da cauda para Teresa fazer um bracelete genial. A tartaruga-marinha, meu Deus, é de uma utilidade que vocês não calculam. Comem-se os ovos e toma-se a sopa: uma de-lí-cia. O casco serve para fabricar pentes, cigarreiras, tanta coisa... O biguá é engraçado.

- Engraçado, como? - Apanha peixe pra gente.

- Apanha e entrega, professora?

- Não é bem assim. Você bota um anel no pescoço dele, e o biguá pega o peixe mas não pode engolir. Então você tira o peixe da goela do biguá.

- Bobo que ele é.

- Não. É útil. Ai de nós se não fossem os animais que nos ajudam de todas as maneiras. Por isso que eu digo: devemos amar os animais, e não maltratá-los de jeito nenhum. Entendeu, Ricardo?

- Entendi. A gente deve amar, respeitar, pelar e comer os animais, e aproveitar bem o pêlo, o couro e os ossos."

Carlos Drummond de Andrade

Livro: De Notícias & Não-notícias Faz-se a Crônica.

_________________
'Look into my eyes...
You will see what you mean to me, Search your heart, search your soul.
And, when you find me there, you'll search no more'

Lara
Moderadora
Moderadora

Mensagens : 166
Idade : 24
Geração X Evolution System 1.0

Atuação no Fórum :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visita a Daslu

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 17:00


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum